A estenose é mais comum na coluna lombar, podendo ocorrer também na cervical. Geralmente, ela ocorre por desgaste da coluna, que hipertrofia as articulações e ligamentos, estreitando o canal por onde passa a medula, causando compressão neurológica. O sintoma mais frequente é dor lombar e dor irradiada para os membros inferiores, com dormência e principalmente formigamento, especialmente ao caminhar. O tratamento é geralmente conservador, com fisioterapia e medicação. Nos casos mais graves, pode estar indicada a descompressão cirúrgica.